A Curiosa Química dos Flocos de Neve

A Curiosa Química dos Flocos de Neve

O Ursão resolveu bancar uma de cientista e vai te explicar como surgem os incríveis flocos de neve

Ao contrário do que muitos pensam, os flocos de neve não são gotas de chuvas congeladas, na verdade os cristais de neve, como também são conhecidos, formam-se quando o vapor de água condensa diretamente em gelo, o que acontece nas nuvens.

Para a Sociedade Americana de Química, tudo começa quando um pequeno grão de poeira é envolto pelo vapor de água enquanto flutua entre elas. Diante das baixas temperaturas, essa pequena gota se torna um cristal de gelo, que conta com seis faces, além da face superior e da inferior.

Após a cristalização, devido ao fato do gelo se formar mais rápido próximo às extremidades, um pequeno espaço vai se abrindo em cada uma das faces. Como o gelo se forma mais rapidamente nessa região, os espaços fazem com que os cantos de cada face acabem aumentando de tamanho mais depressa, dando origem aos tradicionais seis “braços” que compõem os flocos de neve.

Veja mais detalhes desse processo em uma animação criada pela a Sociedade Americana de Química:

Uma outra curiosidade é que, embora dois flocos de neve jamais se formem da mesma maneira, o processo inicial é comum para todos eles.

Gostou da curiosidade? Então aproveita sua visita no blog do Ursão e descubra muito mais sobre o Iceland e o universo congelante.