Você sabe quem são os esquimós?

Você sabe quem são os esquimós?

Conhecidos como povos solidários e muito pacíficos, os esquimós foram do nordeste da Ásia ao Alasca, há cerca de 15 mil anos

Os povos que habitam regiões árticas da Groelândia e Alasca, por exemplo, são conhecidos como esquimós, que significa “comedor de carne crua”. Esses povos também são chamados de inuítes, ou seja, um grupo indígena esquimó.

Em razão dos lugares congelantes onde vivem e da convivência com ursos polares, a população esquimó desenvolveu comportamentos específicos ao longo do tempo para garantir sua sobrevivência, como a construção de casas de gelo, os curiosos iglus, que o Ursão já falou um pouco em Iglu: o abrigo congelado que esquenta!

Em meados do século XVII, os esquimós estabeleceram relações com outros povos e assim puderam adquirir novas ferramentas de trabalho, como armas de fogo e outras fontes de edificação.

Outra curiosidade, é que a maioria dos esquimós possuem baixa estatura: a média de altura entre os homens é de 1,60m e entre as mulheres é de 1,50m. Ambos apresentam uma estrutura corporal curta e forte.

Desde cedo eles aprendem a conviver e a trabalhar juntos, por isso são considerados tão acolhedores. Entre os esquimós, é comum encontrar uma base familiar patriarcal e poligâmica, o homem pode ter várias mulheres de acordo com seu poder aquisitivo. Os inuítes também acreditam em seres superiores, porém não realizam cultos e oração. Segundo suas crenças, as crianças são reencarnações de seus antepassados e por isso são consideradas muito importantes para o povo.

Durante o inverno, os esquimós precisam sair em busca de comida, já que os rios ficam congelados, tornando a pesca mais difícil. Seu meio de transporte é o trenó puxado por cães, enquanto suas roupas são produzidas com pele de foca e de urso.

Agora que você conheceu um pouco mais sobre os povos do gelo, que tal vivenciar uma experiência congelante como a dos inuítes?

Aqui no Iceland, você pode curtir essa aventura a baixo de 0º!